segunda-feira, 25 de maio de 2015

O PECADO DE ADÃO E EVA



Adão e Eva são expulsos do Paraíso. (Gênesis 3: 22-24) Adão e Eva comeram o fruto proibido, então Deus ficou muito triste com a ...         (Gênesis 3:22-24)



Adão e Eva comeram o fruto proibido, então Deus ficou muito triste com a desobediência deles e disse:

Agora, vocês terão de trabalhar cultivando a terra para que ela produza alimentos para vocês.

Por causa dessa desobediência, eles não puderam mais morar no Jardim do Éden. E Deus colocou anjos e uma espada de fogo no jardim para que ninguém chegasse perto da árvore da vida.


Adão e Eva perdem o paraíso como conta a Bíblia em Gen. Adão e Eva são os progenitores bíblicos da humanidade, são tentados por Satanás a trair as instruções de Deus com a mentira O diabo é o pai da mentira (João 8:44) e, portanto, a mentira é um instrumento diabólico que o homem usa para sua própria perdição.  (Jo 8:44) e assim, são expulsos do Jardim do Edem. Satanás foi originalmente um anjo que ocupava uma alta posição sob as ordens de Deus. De repente, ele luta e lidera outros anjos numa rebelião contra o poder divino.
Adão é o primeiro ser humano criado por Deus. Embora inicialmente sozinho, Adão exige a Deus uma companhia. Considerada a preciosa criação de Deus, Adão, juntamente com sua esposa, manda em todas as criaturas do mundo e reside no Jardim do Paraíso. Ele é mais gregário do que Eva e anseia pela companhia dela. A sua paixão completa por Eva, enquanto pura em si mesma, acaba por contribuir para que se junte a ela na desobediência a Deus.
Ao contrário da versão bíblica, ao Adão de Paraíso Perdido, antes de deixar o paraíso, é dado um vislumbre do futuro da humanidade (incluindo uma Sinopse das histórias do Antigo e do Novo Testamentos) pelo arcanjo Miguel.
Eva, sua mulher, também foi criada diretamente por Deus da costela de Adão. Algumas pessoas consideram que a palavra tsella foi erradamente traduzida por costela. O nome Eva deriva do hebraico hav.váh, que significa "vivente", e teria sido dado pelo próprio Adão. No grego, é vertido por Zoé, que significa "vida", e não bios.

Adão e Eva foram colocados no Jardim do Éden para ali viverem e encherem a Terra com seus descendentes. Ambos, primeiramente Eva e depois Adão e teriam comido o fruto proibido da árvore da ciência (do "conhecimento do bem e do mal") criada por Deus, e após o ocorrido, de acordo com o relato bíblico, toda a humanidade ficou privada da perfeição e da perspectiva de vida infindável. 
Surgiria aqui para os judeumuçulmanos e cristãos a noção de pecado herdado - tendência inata de pecar - e a necessidade de um resgate da humanidade condenada à morte. Após comerem do fruto proibido, Adão e Eva tiveram ciência de que andavam nus e por isso, esconderam-se ao notar a presença de Deus no Jardim do Éden. Deus expulsou-os do jardim do Éden, e deu-lhes roupas provenientes de pele animal.

 Adão e Eva foram pais de Caim, Abel, Sete, entre outros filhos e filhas. Segundo o Gênesis 5:5, Adão teria vivido 930 anos, alcançando até Lameque, pai de Noé, a oitava geração de sua descendência.

COMENTÁRIO:
SATANÁS então é expulso do Céu e cai no inferno, Satanás acalentando sua ambição de controlar o Céu, convoca os anjos que haviam descido ao inferno com ele para construírem o Pandemônium, o Palácio de Satanás.

O Satanás, parte sozinho para o novo mundo criado por Deus para os homens, curiosamente, seu atento era corromper os seres humanos e destruir os planos de Deus. Quando Satanás aproxima-se deste novo mundo, sente-se ansioso em implementar seu projeto, experimentando tanto a dúvida quanto o medo, e, finalmente, o desespero, ele repetidamente questionava-se sobre seu confronto com o grande criador de tudo; Deus.

Sua lamentação era que "Eu mesmo sou o inferno" é real e perspicaz. Mais a frente quando Satanás tenta Eva no Jardim  do Edem, diz que: "Mas o quente inferno que nele arde, embora no céu". O inferno não reside em nenhum outro lugar fora da vida de uma pessoa. Quem está sofrendo mesmo num lugar bonito e confortável torna-se um lugar de agonia como se fosse um inferno.

Em outras palavras mesmo que Satanás desfrutasse da mais alta posição e glorias entre os anjos, Satanás perdera seu senso de estima e tornara-se escravo de sua ambição para usurpar o poder absoluto para si mesmo.Totalmente destruído e consumido pela sua arrogância, foi incapaz de agir com justiça ou tolerar o fato de que havia perdido, que havia alguém acima dele.  Assim ele traiu Deus e acabou influenciando outros anjos para o mal, sua mente ambiciosa e vaidosa, Satanás tornou-se a causa para sua queda ao inferno. Muitas pessoas que ocupam altas posições, repletas de arrogâncias elas tentam atingir uma liderança e dominar o puro mundo da fé, não resistindo à corrupção do Diabo.  

Voltamos ao plano de Satanás, antes de executar o seu plano, Satanás hesita, mas finalmente, decide coloca-lo em ação. Ele sente que não pode alterar mais seu curso, uma vez que, assim procedeu, seria abandonado pelos outros anjos que arregimentara para seu interesse ou intento, Satanás não chega a uma conclusão: "Não posso mudar a minha decisão devido ás minhas relações com eles" Satanás sente que este plano só trará um profundo sofrimento a si mesmo e que assim não poderá retornar ao mundo onde anteriormente vivia. Assim ele experimenta vividamente a angustia mental que qualquer traidor provavelmente experimenta, ao perder sua dignidade para com Deus.

 Quando Satanás chegou no Paraíso Jardim do Edem, vê Adão e Eva vivendo em completa felicidade. Satanás tenta captura-los. Seria sua revanche por sua expulsão do Paraíso. Deus levava seis dias completos para criar  este Paraíso e Adão e Eva,  Se ele puderia destruí-los em um dia, pensa Satanás, poderia demonstrar toda sua força aos seus companheiros no inferno.

 Observando o Paraíso, Satã, observa a existência de uma "arvore do conhecimento do bem e do mal" e que, se Adão e Eva comessem de seus frutos, seriam punidos com a mortalidade. Satanás resolve então induzir-los a cometer esse pecado.

Satanás aproxima-se de Eva enquanto esta dorme, ele tenta infiltrar-se em seus pensamentos, contudo, é descoberto por um anjo da guarda: Falhando em seu plano ele vai embora. Satã, depois ele retorna ao Paraíso disfarçado como uma cobra (serpente), aproxima-se de Eva, que está sozinha, ele habilmente a seduz com suas palavras elogiosas. Satisfeita com o que ele fala e desconhecendo que a serpente é Satanás, Eva fica impressionada com a habilidade da cobra em entender e a falar a língua humana e pergunta porque ela é tão hábil assim... A cobra respondeu que era por ter comido o fruto de uma arvore. Eva logo é levada pela sua vontade e pela serpente à "arvore proibida", e, tentada por suas palavras, finalmente come do fruto.

Sabendo do acontecido, Adão fica confuso, mas devido ao seu amor por Eva, resolveu partilhar de  seu destino, e também come do fruto proibido.
 Parece ser inofensivo como é nossa sombra, ou como um nevoeiro que engrossa antes que alguém distingui-lo, assim é a singular conduta dos demônios.... Satanás arma uma cilada para Eva, aproveitando-se da sua mente desprotegida. Estes demônios podem instantaneamente aproveitar qualquer momento de fraqueza de nossas mentes como fez com Eva, se percebermos que estamos recebendo estas influencias devemos desarma-las.
.
  Satanás, depois que consegue a expulsão de Adão e Eva, ele retorna ao inferno, exultando-se pela sua vitória, embora supusesse que seria elogiado pelos seus companheiros no inferno, pelo contrário, eles os anjos do inferno  o censuraram. Isto porque, como castigo pelo que tinha feito, não somente ele Satanás havia se transformado numa serpente, mas todos também se transformam em serpentes uma legião de Satanás.

Adão e Eva pelo pecado que cometeram foram expulso do "Paraíso" Adão e Eva, parte em busca de "um Paraíso levando dentro de si",  PERGUNTA: Não seria possível que eles tivessem filhos no jardim do Edem antes da entrada do pecado no mundo?
Em primeiro lugar Deus criou homem e mulher e lhes ordenou que se multiplicassem. Assim, fica evidente que eles poderiam ter filhos a partir daquele momento, pois eram fecundos e tinham a bênção de Deus para fazerem sexo e terem filhos:“Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a…” (Gn 1.27-28).
Fonte de pesquisa: Bíblia (Escrituras Sagradas) e Enc. Wikipedia