sábado, 31 de outubro de 2015

CUIDADO COM LIDERES INFIÉIS

PASTORES INFIÉIS JEREMIAS 23.

Quando apostolo Paulo disse: "Devemos ser considerados merecedores de dobrados honorários os presbíteros que presidem bem, com especialidade os que se afadigam na palavra e no ensino (1 Timóteo 5:17. Em Hebreus, nos ensina: "Obedecei aos vossos guias e sede submissos para com eles; pois velam por nossa alma, como quem deve prestar contas, para que façam isto com alegria e não gemendo; porque isto não aproveita a vós outros" (Hb 13:17) Heb 13:7 Lembrai-vos dos vossos pastores, que vos falaram a palavra de Deus, a fé dos quais imitai, atentando para a sua maneira de viver.


Quando uma comunidade é formada, ela é formada de membros que vem através do seu ministério, que nomeia um líder Pastor para pastorear aquele povo de Deus, diz o Senhor este povo são povo meu, são o povo de Deus, o pastor não é dono da comunidade e nem elas (ovelhas) são sua propriedade.

Quando um líder for reportado para outra comunidade, como líder, ele foi escolhido para separar, levantar e consagrar ovelhas ao ministerio, este ministério não é dele nem as ovelhas lhes pertencem, então ao aceitar esta mudança como novo líder, é ele quem está sendo escolhido pelo seu líder superior e não os membros que pertencem a tal comunidade ou congregação.

Já vi muitos líderes pastores que ao ser reportado para assumir uma comunidade já existem, convidam todos os membros para segui-lo, como sendo de sua propriedade, além disso os membros nunca receberam orientações dele, eles foram diplomados pelo ministério da igreja ao batizar-se, então pertencem a igreja sede,que cabe o direito de indicação e não são membros voluntário nem itinerante seguindo o pastor onde ele mudar ou se instalar.

Sendo assim alguns pastores que forem deportados do ministério sede, poderão levar com ele se os membros quiserem?

Membros são do ministério, e não de pastores, que mudam e levam membros que são da congregação deixando a congregação ao êxtase, além de receberem outras que já congregam nela.

Onde estão a compreensão dos líderes que não buscam no conselho de liberativo do estatuto da igreja com o organograma de funcionamento de comunidades, mostrando que os membros são da comunidade e não podem serem aliciados a mudanças, eles são a congregação de acordo o estatuto do ministério, não podem deixar e seguir o líder.

Reportar o líder nada contra e deve ter este caráter rotativo para outra, o contrario é o membro ser seduzido à segui-lo, é errado aceitar, é uma desobediência a Deus, é uma dessas pessoas simpatizantes de homens, e não do Bom Pasto, Jesus Cristo "O Único".
Jeremias 23:1-4, Pastores, Deus falou aos líderes em Judá, dizendo que eram culpados de negligenciar e maltratar o rebanho dele, Ele disse que era dele e não da congregação, prestamos atenção nos verbos que Ele usa para descrever a conduta destes mal pastores:

Ele chama de destruir, dispersar, afugentar, e não cuidar. Pastores (Lideres) devem cuidar, ajuntar, (aqui quer dizer ajuntar em unidade com o pastor presidente do ministério, alimentar, (em oração) proteger e guiar, mas os pastores de Israel fizeram tudo ao contrário.


Ainda que ele fosse um "pastor" biblicamente falando, a exortação de Hebreus não é para ele, mas para aqueles que os consideram como tais. É como a ordem "amai-vos uns aos outros" que encontramos na Palavra. A ordem é para eu amar, não para eu cobrar amor ou exigir que as pessoas me amem. Mas vamos analisar as passagens.
Deus fala do rebanho não como sendo do líder e nem dos pastoreados, Ele descreve como "o meu povo" as minha "ovelhas do meu pasto" e "as minhas ovelhas" ele mostra em sua linguagem o comportamento errado dos líderes.

O pastor quando não ama o povo como Deus amava, quer que o povo lhe siga onde ele for, há muitos que olham o cargo de pastor como uma honra a ele concedida e posição de destaque diante dos obreiros e dos homens. Heb 13:17 Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil. 

Ao invés de agirem como homens e humildes pastores, e líderes do rebanho local, (veja o que disse 1 Pedro 5:1-3) Apresentam-se em todo lugar com o "titulo" de pastor. Em outras palavras " Amam o primeiro lugar nos banquetes e as primeiras cadeiras nas sinagogas, as saudações nas praças e o serem chamados de mestres pelo homens" Em Mateus 23:6-7 dizem “Tais pastores não qualificados não cuidam do rebanho como devem.

Ainda lendo o que disse o profeta Jeremias: Sobre lideres contaminados contaminam à todos, o Bom Pastor e seus servos fieis, deixem onde estão as ovelhas que vão ser pastoreadas com seu novo pastoreador, conforme fé, alimentam e cuidam do rebanho, dando-lhe uma habitação segura, este não é ladrão, salteador ou mercenário (João 10:8 e 10:13) Ele é o Filho sobre a casa, que esperança aos seus servos perseverantes (Hebreus 3:6). Em outras versões a palavra "pastores" aparece como "guias", "condutores", "supervisores", "líderes" etc. Não se trata aqui do dom de pastor de Efésios 4:11-12:

Proceder como o apostolo Paulo afirma em Efésios 4:11-14: E ele mesmo deu uns para apostolo, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros pastores e doutores. Um exemplo onde já citados Mestre, doutores e pastores estão em unidade com Cristo.

No verso 25 Efésios, salienta que:Por isso deixai a mentira, falai a verdade cada um com seu próximo; porque somos membros uns dos outros. E afirma que podemos mudar e torná-se um servo fiel, em Ef. 4:28- Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade.

PS.: Devemos lembrar que o termo pastor é no singular e lideres pastores estão no plural, Pastor é Jesus Cristo, os demais são indicações de pastores para servirem ao "Bom Pastor"

Boa leitura, espero ter ajudado.