domingo, 14 de fevereiro de 2016

Joel: Minha Salvação está em Cristo Jesus

O Senhor é Deus. l. o filho primogênito de Samuel (1 Cr 6.28). Sendo já Samuel de idade avançada, nomeou para juízes de israel a Joel e ao irmão deste, Abias - mas estes, pelo seu procedimento vergonhoso e corrupção na maneira de administrar, fizeram que se produzisse uma mudança de governo, e fosse ungido Saul para rei. Foi pai de Hemã, o cantor (1 Sm 8.2 - 1 Cr 6.33 - 15.17). 2. Príncipe de Simeão (1 Cr 4.35). 3. indivíduo da tribo de Ruben (1 Cr 5.4,8). 4. Chefe de Gade (1 Cr 5.12). 5. Chefe de Issacar (1 Cr 7.3). 6. irmão de Natã, e um dos heróis de Davi (1 Cr 11.38). 7. Um levita (1 Cr 15.7,11) - talvez o mesmo que o do nº 8. 8. Um levita (1 Cr 23.8, e 26.22). 9. Príncipe da meia tribo de Manassés, ao ocidente do Jordão - ele viveu no tempo de Davi (1 Cr 27.20). 10. Coatitas da tribo de Levi. Ele foi mandado representar a sua tribo, na solene purificação que precedeu a restauração do templo (2 Cr 29.12).11. Judeu que casou com uma mulher estranha (Ed 10.43). 12. o chefe de uma classe de benjamitas, que viveu em Jerusalém depois da volta do cativeiro (Ne 11.9). 13. Profeta e autor do livro que tem o seu nome. É mencionado como ‘filho de Petuel’ (Jl l.1), e nenhuma outra particularidade nos é dada da sua vida pessoal. As freqüentes referências a Jerusalém e a Judá fazem-nos supor que ele era profeta do Reino do Sul, tendo vivido em Jerusalém. (*veja Joel, Livro de).

Todas as citações acima mencionadas são verdadeiras segundo as Escrituras Sagradas, Joel é referencia viva em nosso dias de grandes calamidades, avisos e premunições que não observamos se queremos fazer algo para nos preparar para a volta do Redentor, com vimos com o passar dos tempos ou seculos, o serviço divino na evangelização foi sendo celebrado de formas diversas.

O original estava em primeiro plano como enfatiza o profeta sobre os elementos de um serviço divino que deve existir na igreja, em tempos que a comunidade vivencia o ministerio entre Deus e o Homem. 

Quando se diz "Em nome de Deus, do Pai, e o Filho " isto é a invocação de Deus como nossa segurança, porque no céu Deus é louvado pelos exércitos celestiais (Isaías 6:3 e Ap 4:8-11), na terra em que habitamos temos que lutar para o serviço divinal a fim de fortalecer a esperança na revinda iminente de Cristo e preparar os crente em Jesus para a vinda do Senhor e isso é sagrado.

 Aqueles que faltarem levianamente em suas congregações, e negar ao servir divinamente, põe em risco a perseverança na doutrina dos apóstolos que tanto fizeram, a comunhão, o participar do partir do pão e a oração, como os primeiro cristãos praticavam.

Se voce como cristão deixar de participar ou frequentar o serviço da igreja de Cristo ou com alguma irregularidade sem motivo suficiente que justifique, poderão ter suas bençãos diminuídas, porque está no desejo de diminuir também o recebimento do sacramento e da palavra atuada pelo Espirito Santo, em forma do corpo da Cristo.

Alem do mais, não receber as forças produzidas pela Santa Ceia, e os pecados não lhe são perdoados e voce pode perde a benção inerente ao serviço divino do Filho de Deus pelo os sacramento ou sacramentado diante da Cruz, isto é como quem quer privar Deus da dadiva da oração que lhe é permitida ou pelo prezar está a acumular pecados, independentemente de participar ou não na obra do Senhor, pela obra e graças do Espirito Santo. 
Nos podemos compreender Jesus através das orações, Ele é o Filho de Deus.