segunda-feira, 1 de junho de 2015

OS DEMÔNIOS DE ONDE VEM

Então disseram: Vinde, e maquinemos projetos contra Jeremias; porque não perecerá a lei do sacerdote, nem o conselho do sábio, nem a palavra do profeta; vinde e firamo-lo com a língua, e não atendamos a nenhuma das suas palavras. (Jeremias 18:18)

Resultado dessa invasão de demônios é múltiplo, um a atacará os bens desse homem o outro a sua saúde, e aí intervem uma especialização, muitos deles são terríveis, mas os mais temíveis são os que provocam a dor de cabeça, este é o demônio da peste.

 O da dor não deve ser identificado com a vulgar cefalalgia, é aquele que abate, que prostra, e que não passa contudo de um sintoma predominante de uma moléstia grave., muitos textos tem por missão combate-lo. Eles nos ensinam que:
Aquele homem que não tem um Deus vivo quando vai pela rua, a dor de cabeça o cobre como um manto, os demônios do mau estão ao derredor, ai você diz : "Ái uma dor"
Donde vem? Ele escapou dos infernos, escapou da morada de Belial, do Pandemônium, dentre e de alem das montanhas, abateu-se sobre a planície dos campos sem regresso (os infernos), ele se precipitou, vindo a procura dos que não estão sobre a força e o puder de Jesus Cristo.

Todas as vitimas lhe são boas, membros e simpatizantes (o gado miúdo) pastores e lideres (ovelhas o graúda) ele bate sobre como um caniço (cão lobo) sobre o homem que não teme a seu Deus, devasta os músculos daquele que não tem Deus protetor,...Vagueia como um touro em liberdade. Reduz a nada a força do herói perfeito em força, e não poupa força em relação à bela donzela, procura as mulheres pela sua beleza.
Em suma, vem de toda parte e salteia a bestas e pessoas se confundem.
Outros demônios atacam especialmente outras partes do corpo: Sua cabeça, sua nuca, seu peito, seu ventre, sua mão, seu pé. Esses demônios fazem parte da classe temida dos Sete. 
O Destruidor é um dos mais antigos demônios, estando somente abaixo do próprio Lúcifer . É o pai dos jogos, do mistério e da perversidade. Sua meta é a destruição aos que a merecem, demônio do sexo e da Luxúria, podendo tanto desunir como unir casais. Na Bíblia, (Livro de Tobias), é este o demônio responsável pela morte dos noivos de Sara. Certas teses demonológicas advogam que Asmodeus é filho de Adão e Lilith, sendo que foi gerado quando Lilith ainda era esposa de Adão e ambos viviam no paraíso. Mais tarde Lúcifer, veio a possuir Eva, (a segunda mulher de Adão), e desse segundo relacionamento sexual nasceu Caim. Caim e Asmodeus são por isso os primeiros primogênitos da história humana, ambos condenados aos domínios infernais.
Ao utilizar o mesmo exemplo de Judas 6, 2 Pedro cita-o quase literalmente, mas com um pequeno detalhe a mais: o Tártaro. Por isso, a distintiva característica teológica de 2 Pedro é encontrada em sua notável combinação dos imaginários helenístico e escatológico judaico [4] . O texto fala dos anjos caídos, mas coloca-os no Tártaro da mitologia grega (presente, por exemplo, em: Hesíodo [Teogonia 715–30] e Homero [Ilíada 8.11–19; Odisseia 11]): “Se, porém, Deus não poupou os anjos que pecaram, mas tendo [os] lançado no tártaro (tartarosas) em cadeias de trevas, deixou-os guardados para o juízo” (2 Pd 2,4), cujas malfeitorias são inumeráveis. mas o Satanas é o pior, pois ataca o "sopro de vida do enfermo".
Para saber o diagnostico: Seu conhecimento depende do pó um lado do conhecimento do demônio que prostrou o doente, o que está ligado ao conhecimento do pecado que ele cometeu.
Este é o demônio dos  rituais de religião geral, pronunciação de nomes dos demônios que puderam causar a afeição.         
A face e a Força de uma execução: "Porventura pagar-se-á mal por bem? Pois cavaram uma cova para a minha alma. Lembra-te de que eu compareci à tua presença, para falar a favor deles, e para desviar deles a tua indignação; Portanto entrega seus filhos à fome, e entrega-os ao poder da espada, e sejam suas mulheres roubadas dos filhos, e fiquem viúvas; e seus maridos sejam feridos de morte, e os seus jovens sejam feridos à espada na peleja. (Jeremias 18:20-21)
Observações: Amor com amor se paga outra paga o amor não tem; quem com amor não pagar não diga que pagou bem. (provérbios popular)
É da natureza dos animais irracionais ameaçar os fracos e temer os fortes, nos nossos dias atuais os homens; muitos querem agir exatamente como estes animais, o ser humano despreza pessoas que são sábias na Palavra porque não possui poder jurídico ou politico, mas temem os governantes maléficos.
 Pessoas assim eram combalidos no tempo do profeta Jeremias leia texto inteiro, (Jeremias 18:20-21) que classificava essas pessoas como maléfico e serviçais aduladores, Somente quando vence um poderoso inimigo, a pessoa é capaz de provar a verdadeira força, e vencer com dificuldade é atribulação, como levar a cana de açúcar as moedas, como pisar as uvas no lagar, está atribulado e vencer sempre ainda que seja com dificuldade. Ao defender e proclamar o que é correto, já é vencedor da injustiça, ter postura e não poupar esforços pela vida e manisfestar a coragem de um leão de Judá, são as faces a face da vida.